Marketing automatizado no varejo

Marketing automatizado no e-commerce

A era digital disponibiliza um número gigantesco de dados na internet. Saber como processar essas informações pode trazer uma grande vantagem competitiva para empresas do varejo.

É por isso que cada vez mais os gestores investem em ferramentas como a plataforma Vito.ai, que emprega a inteligência artificial para automatizar as estratégias de marketing em lojas online.

Além de analisar dados, essa aplicação pode oferecer uma série de outras funcionalidades que contribuirão para o sucesso do negócio.

Confira, neste post, como maximizar os resultados de sua empresa, melhorar a experiência de quem compra no seu site.  

CRM otimizado

O principal ativo de uma loja online são seus clientes. E é por isso que uma boa gestão de CRM aliada ao marketing automatizado pode trazer inúmeros benefícios e ainda contribuir para a fidelizar e satisfazer o consumidor, que é cada vez mais exigente.  

Além de estreitar esse relacionamento, a aplicação traz ganhos em outras frentes que são também muito importantes, como o fortalecimento da marca e o aumento da taxa de conversão e do tempo de vida útil do consumidor.

Clusterização

Seus clientes fornecem uma série de dados relevantes e poder organizar todas essas informações é um diferencial. A clusterização automática ajuda na mineração desses dados, permitindo encontrar e segmentar, de forma automática, clientes com comportamento de consumo semelhantes, também conhecidos como buyer persona.

Com isso, fica bem mais fácil oferecer conteúdo direcionado para aumentar as chances de conversões de suas campanhas.

Outra vantagem obtida com automação de marketing é capacidade de antecipar os resultados obtidos por uma campanha. Dessa forma, é possível priorizar ações que trarão um melhor retorno, evitando perder tempo e dinheiro investido.

Previsibilidade

Além de otimizar o desempenho das campanhas, a aplicação de inteligência artificial da   Vito.ai utiliza o machine learning para prever a intenção de compra do consumidor.

Dessa forma, é possível aprender mais sobre os hábitos e preferências de cada cluster e, assim, recomendar e ofertar produtos que vão ao encontro das necessidades de cada cliente.

Gostou deste post? Compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e permita que mais pessoas fiquem por dentro do assunto.

Quer saber mais sobre machine learning no varejo? Leia esse artigo.

Assine aqui e fique por dentro das novidades!

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.